Acidente em sinagoga perto de Jerusalém deixa 2 mortos e mais de 160 feridos

Header Ads Widget

Acidente em sinagoga perto de Jerusalém deixa 2 mortos e mais de 160 feridos

A plataforma da sinagoga em Givat Ze'ev, onde fiéis estavam dançando, desabou por excesso de peso.

Vítimas são socorridas após arquibancada desabar em sinagoga próxima a Jerusalém, na noite de 16 de maio de 2021. (Foto: Gil Cohen-Magen / AFP)

Duas pessoas morreram e 167 ficaram feridas, incluindo cinco em estado grave, quando uma arquibancada desabou sob os fiéis em uma sinagoga em Givat Ze'ev pouco antes do início do festival Shavuot na noite de domingo (16).

Um vídeo mostrou a sinagoga ultraortodoxa de Karlin no assentamento da Cisjordânia, ao norte de Jerusalém, lotada quando a arquibancada desabou de repente.

Os feridos foram levados para hospitais em Jerusalém. Médicos e bombeiros confirmaram que não havia pessoas presas embaixo da arquibancada depois de vasculhar a área.

Magen David Adom disse que os médicos trataram cinco pessoas que ficaram gravemente feridas, junto com 10 pessoas em estado moderado e 152 que sofreram ferimentos leves.

Os médicos confirmaram mais tarde as mortes de um homem de 40 anos e um menino de 12 anos. Eles não foram identificados imediatamente.

Alguns grandes eventos ultraortodoxos apresentam arquibancadas, conhecidas como “tribunas” em Israel, que ficam lotadas de fiéis em pé ou dançando ao redor de uma mesa central onde os líderes comunitários estão sentados.

O pai de um dos feridos disse à emissora pública Kan que, apenas dez minutos antes do colapso, os participantes foram avisados ​​em um anúncio de segurança para pararem de empurrar uns aos outros.

O ministro da Defesa, Benny Gantz, disse que seu coração estava com as vítimas. “As forças da IDF lideradas pelo Comando da Frente Interna e a Força Aérea estão trabalhando para ajudar na evacuação. Eu oro pela segurança dos feridos”, disse ele.

O incidente ocorreu 16 dias após o desastre do Monte Meron, no qual 45 pessoas morreram esmagadas durante uma reunião em massa de judeus ultraortodoxos para comemorar o feriado de Lag B'Omer.

Postar um comentário

0 Comentários