Chuvas causam 53 mortes em MG e líderes pedem orações: “Pedimos socorro”

Fortes chuvas provocaram um dos maiores índices de mortes já registrados em Belo Horizonte. Líderes cristãos pedem orações.


Um dos bairros de Sabará, na região metropolitana de Belo Horizonte, afetados pelas fortes chuvas. (Foto: Yuri Edmundo/EFE)
Pelo menos 53 pessoas morreram nos últimos cinco dias em decorrência das chuvas em Minas Gerais. O último balanço foi divulgado nesta terça-feira (28) pela Defesa Civil Estadual e registra casos desde o dia 24 de janeiro.

Até o momento, uma pessoa está desaparecida e 65 ficaram feridas. Cerca de 28.893 pessoas estão desalojadas e outras 4.397 perderam suas casas no estado.

De acordo com um levantamento do jornal Folha de S. Paulo, o atual número de mortes é um registro recorde dos últimos cinco anos. Até então, o maior número de mortes havia sido 18, nas temporadas 2016/2017 e 2018/2019.

Dentro o número total de vítimas fatais, 43 mortes foram provocadas por soterramento, desabamento e desmoronamento de terra; 8 mortes foram de pessoas arrastadas pelas águas e 2 por afogamento. 
No Espírito Santo, 9 pessoas morreram desde que as chuvas começaram, incluindo duas crianças. No total, 11.607 pessoas estão desalojadas e 1.574 estão desabrigadas em todo o Estado, segundo o boletim da Defesa Civil Estadual divulgado nesta terça.

Em Minas Gerais, Belo Horizonte lidera o número de mortos na lista que inclui 16 cidades. Diante disso, lideranças evangélicas da cidade se uniram para um único clamor: “Ore por BH!”

Pedidos de oração

O pastor André Valadão, vinculado a Igreja Batista da Lagoinha em Belo Horizonte, pediu orações nesta quarta (29) em suas redes sociais. “Por favor, ore em todo tempo. Libere palavras de vida e de cessar das chuvas em MG e ES... Está um caos”.

“Abram seus lábios e liberem, em nome de Jesus, palavras de vida, e que as chuvas cessem. As orações dos filhos de Deus podem muito em seus efeitos”, incentivou o pastor.

“Levante sua voz e clame. Deus, tenha misericórdia. Tenha misericórdia de BH. Cada família. Tenha misericórdia de todos ali e por onde a chuva tem passado. Tenha misericórdia e faça cessar a chuva por favor. Tenha misericórdia”, acrescentou.

A cantora Nívea Soares, também vinculada à Igreja Lagoinha, pediu às pessoas para se juntar “a nós em clamor por Belo Horizonte e região e pelo Brasil em relação às chuvas que tem caído nesses dias”, em publicação nas redes sociais. “Que juntos possamos orar com coração contrito, em arrependimento pela nossa cidade e nação”.

A pastora Helena Tannure, que também faz parte da Lagoinha, afirmou: “Igreja do Senhor, pedimos socorro. Orem por Belo Horizonte, por Minas Gerais e Espírito Santo. Coração dilacerado pelas notícias”.

A cantora Eyshila também usou as redes sociais para pedir orações. “Que Deus nos dê a capacidade de transformar esse caos em bênção. Que Deus dê forças aos desabrigados e console os enlutados. Há perdas que são irrecuperáveis. Só o Consolador pode ajudar! Povo de Deus, vamos orar!”.

Lu Alone, uma das líderes do louvor da Lagoinha, descreveu o sofrimento das pessoas que vivem em Belo Horizonte. “As ruas estão destruídas, as mortes já são muitas, casas estão caindo”, disse nesta terça.

“Parece cena de guerra, a chuva está quebrando tudo por onde passa. Asfalto, carros, pessoas têm sido arrastadas por ela. Orem e doem! Precisamos reconstruir BH! Muita gente perdeu tudo!”, pediu a cantora.

A sede da Igreja Batista da Lagoinha e Lagoinha Palmeiras estão com pontos de arrecadamento de doações.

Pontos de doação:

Lagoinha Matriz: Manoel Macedo, 360 - Belo Horizonte

Lagoinha Palmeiras: Av. Dom João VI, 240, Palmeiras

Veja algumas imagens:


Chuvas causam 53 mortes em MG e líderes pedem orações: “Pedimos socorro” Chuvas causam 53 mortes em MG e líderes pedem orações: “Pedimos socorro” Reviewed by MISSÕES URGENTE on 15:39 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.