Cresce número de atos anticristãos e antissemitas na França

Ministério do Interior já tem planos para conter a onda de ataques motivados por racismo ou intolerância religiosa

Emmanuel Macron. (Foto: Reprodução)

No dia que se comemorou o 75º aniversário da libertação do campo de extermínio nazista de Auschwitz, a Fox News fez uma reportagem alertando para o crescimento do número de atos antissemitas na França.

Em 2019, foram registrados 687 casos, número maior que os 541 registrados no ano anterior. Os dados são do ministro do Interior Christophe Castaner divulgados no Twitter.

Diante desses números, o ministério está criando uma rede de investigadores especiais em toda a França, designando especialistas em racismo e antissemitismo para atuarem.

Além disso, está sendo criada uma plataforma online que permitirá aos investigadores conversar com testemunhas e vítimas de ódio, entre uma série de novas medidas já em vigor ou em andamento, informou o comunicado.

As autoridades também registraram o crescimento de atos anticristãos, sendo 1.052 casos, incluindo ataques a bens ou propriedades de caráter religioso.

“Expressões e atos de ódio, sejam eles origens ou crenças religiosas, sejam eles formas de violência física ou ameaças verbais, são um ataque intolerável ao nosso projeto comum, aos alicerces do nosso pacto social…”, afirmou o comunicado.
Cresce número de atos anticristãos e antissemitas na França Cresce número de atos anticristãos e antissemitas na França Reviewed by MISSÕES URGENTE on 22:03 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.