Mais de mil presos deixam facções e aceita Jesus, no Acre

Pelo menos 1.103 presos saíram de organizações criminosas após a conversão ao Evangelho.

Presos recebem acompanhamento religioso semanalmente Foto: Elenilson Oliveira
O Instituto Administrativo Penitenciário (Iapen), em parceria com diversas igrejas, informou que mais de 1.103 presos deixaram as facções criminosas e aceitaram Jesus, nos presídios do Acre em 2019, com trabalho evangelístico.

Para o presidente do Iapen, Lucas Gomes, o trabalho das igrejas dentro dos presídios é uma forte ferramenta de resgate de vidas. Nós temos, dentro do sistema penitenciário, diversos perfis de indivíduos que necessitam ser trabalhados e incentivados à mudança.

Em entrevista ao portal de notícias do Acre, Lucas explica, que a ressocialização apresenta diversas ferramentas e no Iapen, nós temos conseguido grandes avanços com o apoio das igrejas, afirmou. Foram, mais de mil presos que aceitaram Jesus em 2019.

O trabalho que envolve membros de diversas igrejas, tem como foco o acompanhamento religioso da população carcerária. Célio Lima, integrante de uma dessa igrejas, destacou que o trabalho é realizado em prol das vidas.

“Nós vamos em busca realmente daquele jovem, daquele homem, daquela mulher, que está com a vida prestes a terminar. Nós pregamos a palavra do Senhor Jesus e falamos do Deus vivo”, disse.

Ele destacou que a cooperação entre as igrejas e o sistema penitenciário liberta pessoas do mundo do crime. “Através de Deus, essas pessoas podem ter uma libertação, uma nova vida e Ele pode libertar essa pessoa do mundo onde está vivendo, do mundo do crime e nós fazemos isso com muito amor”, afirmou.

Sabemos que muitos que estão no sistema penitenciário já aceitaram Jesus aqui dentro e que essa é uma forma que eles têm de sair das facções, então nós viemos com maior prazer”, ressaltou.

“Chegamos aqui e fizemos vídeos de vários presos que realmente deixaram as facções e tomaram uma decisão de seguir uma nova caminhada com Cristo. Esse trabalho que nós fazemos é com muito amor. Um trabalho tremendo e maravilhoso”, conta ele.

Com gratidão aos irmãos que cumprem esse sacerdócio dentro dos presídios, louvamos a Deus por aqueles que escolheram o caminho da vida ao caminho da morte; abrindo ainda mais as portas dos presídios para aqueles que nos trazem as boas novas em 2020. Disse Lucas Gomes, no Facebook.
Mais de mil presos deixam facções e aceita Jesus, no Acre Mais de mil presos deixam facções e aceita Jesus, no Acre Reviewed by MISSÕES URGENTE on 21:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.