Milton Ribeiro toma posse como ministro da Educação: “Com ajuda de Deus, deixarei um legado”

O professor e pastor Milton Ribeiro tomou posse como ministro da Educação nesta quinta-feira (16).


Presidente Jair Bolsonaro ao lado do novo ministro da Educação, Milton Ribeiro. (Foto: Milton Ribeiro)
O novo ministro da Educação, o professor Milton Ribeiro, tomou posse como titular da pasta nesta quinta-feira (16). O presidente Jair Bolsonaro participou da cerimônia virtualmente, a partir do Palácio da Alvorada.

“Tenho consciência que não iremos solucionar o problema de educação no País. Mas procuraremos sim, com a ajuda de Deus, deixar um legado positivo e de esperança para as gerações futuras”, disse o novo ministro em seu discurso de posse.

“Conquanto, tendo a formação religiosa, o compromisso que assumo hoje ao tomar posse está bem firmado e bem localizado em valores constitucionais da laicidade do Estado e do ensino público. Assim, Deus me ajude”, acrescentou Ribeiro.

Em seu discurso, Jair Bolsonaro definiu Ribeiro como “um ministro voltado para o diálogo”, que irá usar sua experiência para fortalecer os valores defendidos pelo governo.

“Tenho certeza que a transição será tranquila. Você terá como, pontualmente, colocar gente ao teu lado com o mesmo espírito seu. Se bem que, pode ter certeza, grande parte do ministério pensa como você. E eles agora, na sua pessoa, terão como fazer valer o seu potencial”, disse o presidente ao novo ministro.

A indicação de Milton Ribeiro para o Ministério da Educação foi anunciada por Bolsonaro na última sexta-feira (10). O cargo ficou vago desde que a nomeação de Carlos Alberto Decotelli foi revogada, sem que ele tivesse tomado posse, depois de uma série de inconsistências curriculares.

Milton Ribeiro, de 62 anos, é pastor da Igreja Presbiteriana Jardim Oração, em Santos. Ele é doutor em educação pela Universidade de São Paulo (USP), mestre em direito pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e graduado em direito e teologia.

Desde maio do ano passado, integra a Comissão de Ética da Presidência da República, cuja função é investigar ministros e servidores do governo. Ribeiro é o quarto ministro da Educação do governo Bolsonaro. 

Milton Ribeiro foi reitor em exercício, vice-reitor e superintendente da pós-graduação lato sensu na Universidade Presbiteriana Mackenzie. Ele também fez parte do conselho deliberativo e da Comissão de Ética e Compliance do Instituto Presbiteriano Mackenzie.

Ao comentar a escolha de Ribeiro para o MEC, a Associação Nacional dos Juristas Evangélicos (Anajure) disse à Gazeta do Povo que “por conhecer o reverendo Milton, e o seu trabalho sempre técnico e pautado em valores sólidos, entendeu que a indicação é de um perfil adequado”.

“Se por um lado é um nome técnico, por outro é uma pessoa de diálogo. Certamente saberá conduzir os rumos da educação de forma que a diversidade será respeitada. Outra qualidade de Ribeiro é sua experiência administrativa ligada à prestigiosa Universidade Mackenzie”, disse a associação.

O deputado Silas Câmara (Republicanos-AM), presidente da Frente Parlamentar Evangélica, tem grande expectativa em relação a Ribeiro. “Tem currículo e competência técnica. É um homem que tem experiência na administração pública. E é um pacificador”, disse à Gazeta do Povo.
Milton Ribeiro toma posse como ministro da Educação: “Com ajuda de Deus, deixarei um legado” Milton Ribeiro toma posse como ministro da Educação: “Com ajuda de Deus, deixarei um legado” Reviewed by MISSÕES URGENTE on 17:07 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.