Polícia indiana justifica morte de adolescente cristão como vingança

Na versão oficial, a vítima deveria ser o pastor e pai do garoto de 14 anos, mas na ausência dele, o garoto foi morto

Samaru Madkami tinha 14 anos quando foi morto por uma multidão de extremistas hindus
A Portas Abertas noticiou o assassinato do adolescente cristão Samaru Madkami, de 14 anos, na aldeia de Kenduguda, Índia. Na ocasião, uma multidão cercou a casa dele e levou o garoto até uma reunião, mas no dia seguinte, o corpo da vítima foi encontrado pela polícia. Alguns cristãos da aldeia testemunharam que a família do cristão havia se convertido há três anos e frequentava ativamente as reuniões de oração no vilarejo. Desde então, enfrentava a hostilidade de vizinhos hindus. 
Porém, o chefe de polícia responsável pela investigação afirmou que a multidão queria vingar o assassinato de outras 16 pessoas. Segundo a autoridade, o pai de Samaru teria matado as vítimas em rituais de feitiçaria. Mas como não encontraram o homem, vingaram matando o filho. Porém, alguns líderes cristãos da região não acreditam na versão oficial. “A família Madkami não pratica essas coisas. O pai dele é pastor”, justifica o pastor Parichha, presidente do Conselho Cristão da Índia, do estado de Odisha.
O líder cristão questiona que o motivo das mortes não tenha sido denunciado e investigado pela polícia. Que provas há do envolvimento do pai do adolescente cristão nos supostos assassinatos? “Samaru era um cristão ativo que estava envolvido em reuniões da igreja ao lado do pai. A família havia se convertido ao cristianismo três anos atrás e havia sido ameaçada para interromper a atividades e renunciar a nova fé”, testemunha outro parceiro da Portas Abertas.
Apesar de seis pessoas envolvidas no assassinato de Samuru estarem presas aguardando audiência no tribunal, o linchamento de cristãos no 10º país na Lista Mundial da Perseguição 2020 tem sido constante. A maioria dos casos de agressão e mortes acontecem por causa do extremismo hindu, apoiado pela agenda nacionalista do primeiro-ministro Narendra Mudi.
Pedidos de oração
  • Interceda pela família de Samaru Madkami, para que encontre todo consolo em Deus.
  • Ore para que o Senhor traga luz à verdadeira motivação do assassinato do cristão.
  • Clame para que as autoridades tenham compromisso com a verdade e justiça, e punam os responsáveis.
Polícia indiana justifica morte de adolescente cristão como vingança Polícia indiana justifica morte de adolescente cristão como vingança Reviewed by MISSÕES URGENTE on 18:10 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.