Sérvia decide transferir embaixada em Israel para Jerusalém

Comunicado foi feito pelo primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu em rede social.


O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu encontra-se com o primeiro-ministro sérvio Aleksandar Vucic. (Foto: Reprodução / GPO / Kobi Gideon)
O primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu anunciou, na sexta-feira (04), que a Sérvia mudará sua embaixada de Tel Aviv para Jerusalém, tornando-se o primeiro país europeu a seguir os Estados Unidos na mudança.

"Agradeço ao meu amigo, o presidente da Sérvia pela decisão de reconhecer Jerusalém como capital de Israel e de transferir sua embaixada para lá", disse Netanyahu. "Gostaria também de agradecer ao meu amigo, o presidente Trump, por contribuir para essa conquista."

Netanyahu revelou a ação da Sérvia, acrescentando que a transferência acontecerá até julho de 2021.
Em dezembro de 2017, o presidente dos EUA, Donald Trump, reconheceu Jerusalém como a capital de Israel e anunciou a mudança da embaixada dos EUA em Tel Aviv.

A notícia da ação da Sérvia, que não é membro da UE de 27 países, coincidiu com o anúncio de Trump de que os ex-inimigos Sérvia e Kosovo haviam concordado em um pacto histórico para normalizar as relações econômicas.

Capital indivisível

Israel assumiu o controle de Jerusalém Oriental em 1967 e mais tarde a anexou em ações nunca reconhecidas pela comunidade internacional.

Ela considera a cidade sua capital indivisível, mas a Autoridade Palestina (AP) vê a parte oriental ocupada de Jerusalém, incluindo a Cidade Velha com seus locais sagrados, como a capital de seu futuro estado.

As Nações Unidas e a União Europeia, principal parceiro econômico de Israel, dizem que o status final da cidade deve ser negociado entre israelenses e palestinos, antes que os países não instalem suas embaixadas ali.

Netanyahu também anunciou que Israel havia estabelecido relações diplomáticas com Kosovo, que declarou independência da Sérvia em 2008.

"Kosovo se tornará o primeiro país de maioria muçulmana a abrir uma embaixada em Jerusalém", disse Netanyahu em um comunicado. "Como eu disse nos últimos dias - o círculo de paz e reconhecimento de Israel está se expandindo e mais países devem se juntar."

Cidade disputada

A decisão de Trump de transferir a embaixada de Tel Aviv para Jerusalém há três anos desencadeou a indignação palestina e uma onda de choque diplomático.

Até o momento, apenas a Guatemala seguiu seus passos, abrindo também sua missão diplomática na cidade sagrada em maio de 2018.

O anúncio de sexta-feira também foi feito menos de um mês depois de Israel e os Emirados Árabes Unidos concordarem em normalizar os laços em um acordo mediado pelos EUA.

O acordo, que deve ser assinado em cerimônia na Casa Branca nas próximas semanas, seria o primeiro de Israel com uma nação do Golfo e o terceiro com um país árabe depois do Egito (1979) e Jordânia (1994).

A questão de Jerusalém é uma das mais sensíveis no conflito israelense-palestino de décadas.
A Cidade Velha, um Patrimônio Mundial da UNESCO, inclui o terceiro local mais sagrado do Islã - a Cúpula dourada da Rocha e a mesquita de Al-Aqsa.

É também o lar do Muro das Lamentações, o lugar mais sagrado onde os judeus têm permissão para orar, e da Igreja do Santo Sepulcro no local onde os cristãos acreditam que Jesus foi crucificado e enterrado.

Mais de 200.000 colonos israelenses vivem na Jerusalém Oriental ocupada, onde vivem cerca de 300.000 palestinos.
Sérvia decide transferir embaixada em Israel para Jerusalém Sérvia decide transferir embaixada em Israel para Jerusalém Reviewed by MISSÕES URGENTE on 10:07 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.