Natália Becker fala sobre chamado no futebol: “Temos visto vidas transformadas por Jesus”

 Natália Becker, esposa do goleiro Alisson, compartilha seu testemunho e fala sobre o chamado do casal no futebol em entrevista ao Guiame.

Natália e Alisson Becker junto com os filhos, celebrando vitória do Liverpool na Champions League. (Foto: Instagram/Natália Becker)

Da medicina ao mundo do futebol, Natália Loewe Becker, de 29 anos, viveu grandes mudanças em sua vida. Mas de todas elas, a maior foi iniciar uma jornada com Cristo ao lado do marido, o goleiro Alisson Becker, que atualmente joga no Liverpool.

Natália nasceu em Porto Alegre, mas cresceu na cidade de Esteio, na Região Metropolitana da capital gaúcha. Aos 19 anos, se mudou para Pelotas (RS), onde cursou Medicina por seis anos. Foi no período da faculdade, em 2012, que ela conheceu o goleiro Alisson Becker. 

O namoro com o goleiro aproximou Natália de Deus. Mesmo tendo sido criada na Igreja Luterana, ela tinha um relacionamento distante com sua fé. Até que, a convite de Alisson, a visita a um culto da Igreja Batista despertou algo novo nela.

“Fiquei muito impactada com o amor daquelas pessoas por Jesus, não entendia como louvavam daquele jeito, como choravam, como ardiam por Jesus”, disse Natália em entrevista exclusiva ao Guiame. “Alisson falava da Palavra, de uma forma tão clara, que comecei a querer saber o que realmente a Bíblia dizia, queria conhecer mais Jesus, queria saber mais sobre a vida com Ele”.

“Ali começou minha busca, acabei encontrando na Bíblia muito mais do que eu procurava, encontrei minha essência, meu valor, meu propósito, minha identidade, encontrei um Pai, um Amigo e uma companhia perfeita”, destaca Natália.

Natália viveu um período de grandes mudanças a partir de 2015 — neste mesmo ano, ela se formou em Medicina e se casou com Alisson. No início de 2016 ela exercia sua profissão no Brasil, mas se mudou para a Itália em agosto, depois que seu marido assinou um contrato para atuar como goleiro na Roma.

“Foi um processo difícil, porque foi uma época em que meu marido estava afastado de Deus, então nosso casamento enfrentou uma crise no início, justamente quando ele foi transferido para a Itália”, Natália lembra. “Então eu tive que mudar toda a minha vida e abdicar de muitas coisas, justamente em um momento assim. Mas é assim que é a fé, não é mesmo? Precisamos viver pela visão e não pela vista. Passamos por momentos duros, mas o Senhor sempre esteve conosco”.

A convicção de Natália em abrir mão de sua carreira no Brasil e acompanhar o marido na Itália veio de uma direção de Deus, que a fez entender que era momento de “ir” e “colocar em ação tudo o que acreditava”. 

“Entendi que assim como no início do nosso relacionamento o Alisson tinha sido homem de Deus na minha vida e tinha me levado para Jesus, era meu momento de ser mulher de Deus na vida dele e estabelecer o Reino na minha casa. Quando Deus dá uma palavra, Ele faz o trabalho completo. Nosso papel é crer, manter os olhos fixos Nele e descansar na certeza de que Ele é fiel para cumprir”, destaca. 

Natália diz que o processo de restauração do casamento não foi fácil, mas Deus a capacitou com as ferramentas necessárias e fortaleceu ainda mais a aliança do casal. “Meu casamento hoje é a prova de que todas as coisas podem ser transformadas por Jesus”, ela testemunha.

O campo missionário do futebol

Nos últimos anos, Alisson viveu uma verdadeira ascensão na carreira de goleiro. Campeão da Champions League pelo Liverpool e campeão da Copa América pela Seleção Brasileira, ele foi eleito o melhor goleiro do mundo em 2019 e recebeu o prêmio Fifa The Best.

Enquanto o goleiro está cercado por uma multidão de torcedores em campo, sua esposa o apoia através de seu papel como intercessora. “Eu entendo o papel da oração da esposa como fundamental na vida do marido em todos os momentos, porque para Deus, somos um”, explica Natália. 

“Mas sempre que ele vai jogar, sempre quando vai para o treino, pega a estrada, viaja, eu oro por ele, em momentos de lesões também. Vamos sempre para a cruz, sempre para Cristo”, ela acrescenta.

Desde 2018, quando se mudaram para a Inglaterra, Natália e Alisson começaram a dirigir células com jogadores brasileiros e suas famílias, especialmente na região de Liverpool e Manchester.

Juntos, eles também fazem discipulado com alguns casais que enxergam neles um verdadeiro testemunho. Atualmente, por causa da pandemia, as reuniões passaram a ser feitas online.

“Temos, pela graça de Deus, visto muitos frutos, vidas transformadas por Jesus e não tem nada que nos traga mais satisfação. E desde que iniciamos essas células, crescemos, aprendemos e amadurecemos muito”, afirma Natália.

Natália também faz reuniões com as esposas dos jogadores que estão na Inglaterra e tem se tornado uma referência cristã para muitas mulheres. “Fico feliz de que olhando para minha vida, mulheres possam encontrar algo que as inspirem, que possam ter esperança e que possam ver a luz de Cristo e amor aqui”, ela observa.

Ela acredita que os cristãos devem ser a expressão do amor de Deus, não só no mundo do futebol, mas em todas as áreas onde atuam. “Onde estamos agora é onde Deus quer trabalhar”, afirma Natália.

“Precisamos entender isso; nos colocarmos à disposição e confiar que a obra quem faz é Ele. Fomos chamados para sermos sal da Terra e luz do mundo, a trazermos a realidade do Reino para onde estamos. Então sim, hoje, entendo que a nossa esfera de influência é o futebol”, ela continua.

Família e milagres

A família é uma parte essencial da vida de Natália. Mãe de Helena, de 3 anos e Matteo, de 1 ano, ela aprendeu que “a maternidade é uma excelente oportunidade de termos nosso caráter moldado e aprender pelas pequenas coisas a abrirmos mão de nós mesmas”. 

Natália diz que é movida pela responsabilidade confiada por Deus de participar na construção do caráter e dos valores dos filhos.

“Tenho total consciência de que nós, mães, falhamos e minha fé me ajuda muito nisso. Sinto que ser mãe me mostra o como eu preciso do Espírito Santo, o quanto é valoroso para o caráter da minha filha de 3 anos, ela me ver pedindo perdão para ela quando eu me exalto e me faz ser extremamente intencional nas minhas atitudes e conversas”, relata.

Questionada sobre um testemunho de milagre que tenha marcado sua história, Natália lembra que, aos 17 anos, sofreu um acidente de carro e ficou 28 dias na UTI em estado gravíssimo.

“Passei por diversas cirurgias, inclusive uma cardíaca, complicações em diversos órgãos, fiquei muitos dias intubada, tive infecção hospitalar, enfim, um quadro muito complicado, Deus fez o milagre e eu sobrevivi”, lembra Natália.

“E como Deus é um Deus de detalhes, minha cirurgia cardíaca foi no dia 11/12/2008 e foi um momento crítico, onde as expectativas médicas de sobrevivência eram muito baixas, devido a toda complexidade do quadro. E no mesmo 11 de dezembro, mas 7 anos depois, em 2015, eu me formei médica”, ela celebra.

Natália Becker fala sobre chamado no futebol: “Temos visto vidas transformadas por Jesus” Natália Becker fala sobre chamado no futebol: “Temos visto vidas transformadas por Jesus” Reviewed by MISSÕES URGENTE on 17:16 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.