Como é estar preso na Coreia do Norte? - MISSÕES URGENTE
Seguir no Facebook Seguir no Twitter Seguir no Instagram

BRASIL MUNDO ISRAEL VERSÍCULOS PEDIDO DE ORAÇÃO VÍDEOS MÚSICA PREGAÇÕES CINEMA COLUNA

quinta-feira, 7 de janeiro de 2021

Como é estar preso na Coreia do Norte?

 Os cristãos no país são constantemente presos por seguirem a Jesus

No Domingo da Igreja Perseguida 2021 vamos interceder pelos cristãos presos na Coreia do Norte

Quando os cidadãos norte-coreanos decidem seguir o evangelho de Cristo, passam a enfrentar perseguição da comunidade, família, amigos e do governo. Através da perseguição, muitos seguidores de Cristo são mortos, agredidos e presos, além de serem privados das necessidades básicas. No Domingo da Igreja Perseguida (DIP) 2021, falaremos sobre os cristãos presos, sobretudo na Coreia do Norte, Irã e Eritreia.

A Coreia do Norte lidera a Lista Mundial da Perseguição desde 2002. Cristãos enfrentam níveis de pressão extremos em todas as áreas da vida, combinados com alto grau de violência. É difícil saber exatamente quantas pessoas estão presas na nação secreta da Coreia do Norte. Um relatório de 2014 da ONU estimou que havia entre 80.000 e 120.000 prisioneiros políticos detidos em campos de trabalho no país. Estima-se que, entre esses, há entre 50.000 e 70.000 cristãos presos por ousarem acreditar que Jesus é uma autoridade maior do que o líder da nação, Kim Jong-un.

Durante o mês de janeiro, vamos falar mais sobre a realidade da igreja na Coreia do Norte. Na Revista Portas Abertas do mês, você poderá entender sobre as restrições enfrentadas pelos cristãos por meio do relato de três parceiros da Portas Abertas, além de levar auxílio para esses irmãos. 

Se cristãos norte-coreanos são descobertos, são presos e enviados a campos de trabalho forçado como criminosos políticos ou até mesmo mortos imediatamente, e as famílias compartilharão o mesmo destino. Os seguidores de Cristo norte-coreanos não têm o mínimo espaço na sociedade. Se reunir com outros cristãos para adorar é praticamente impossível e se alguns ousam fazê-lo, têm que ser em máximo sigilo. 

Histórico de prisões

Kim Hak Song foi preso em um trem que ia da capital da Coreia do Norte, Pyongyang, para a China em maio de 2017, supostamente por ter cometido atos hostis contra o governo. Ele perguntou às autoridades o que ele tinha feito de errado e a resposta foi que ele cometeu o crime de orar. Os oficiais tinham cópias de e-mails que ele havia enviado à igreja, pedindo-lhes para orar pela Coreia do Norte, além de liderar um grupo de oração.

Song é um missionário da igreja na China e passava um mês na Coreia do Norte a cada vez que ia. Embora não tenha sido torturado durante a prisão, o seguidor de Cristo se queixava de dores no corpo.

Song foi libertado em 9 de maio de 2018, com dois outros cristãos. Tony Kim, outro cristão da Universidade de Ciência e Tecnologia de Pyongyang (PUST), foi preso em abril de 2017. Kim foi acusado de espionagem e solto em maio de 2018. Além deles, o pastor Dong-cheol Kim foi preso em 2015 após acusações de espionagem. O líder também foi libertado em maio de 2018.

Segundo a Casa Branca, a soltura dos três foi um ato de boa vontade que precedeu uma reunião do presidente americano, Donald Trump, com o líder norte-coreano, Kim Jong-un.

Participe do DIP 2021

Esteja conosco nesta jornada de esperança e fé, em que juntos fortaleceremos nossos irmãos presos na Coreia do Norte através da oração. Se você ainda não se cadastrou, não perca a oportunidade de envolver sua igreja no maior movimento de oração pela Igreja Perseguida. O primeiro passo é pedir autorização para o pastor da sua igreja. Depois é só se cadastrar em nosso site. Ao se cadastrar, você terá acesso a mais detalhes de como realizá-lo, além de diversos materiais exclusivos na área restrita do site que o ajudarão na realização do evento.

Pedidos de oração

  • Clame pelos cristãos norte-coreanos que estão presos, para que Deus os visite, trazendo paz e esperança, tirando toda a aflição dos corações.
  • Ore para que os líderes do país e guardas das prisões sejam visitados pelo Espírito Santo e passem a testemunhar do amor de Deus.
  • Interceda pela população do país, para que mais pessoas tenham um encontro com Cristo e comecem a propagar a palavra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário