Header Ads Widget

Cristão é libertado após passar dois anos e meio preso injustamente, no Vietnã

 Apesar de Sung A Khua ter retornado para sua família, ele será colocado sob a vigilância das autoridades locais.

Sung A Khua e sua família agora estão sob vigilância das autoridades vietnamitas. (Foto: International Christian Concern)

Um cristão vietnamita chamado Sung A Khua voltou para casa depois de passar dois anos e meio preso injustamente, segundo informações de um pastor atuante no país.

Em 2018, quando Sung A Khua e sua família se converteram ao cristianismo, eles enfrentaram muita hostilidade e diversos tipos de perseguição por parte das autoridades locais e dos moradores de sua região.

Logo após sua conversão, as autoridades locais e os vizinhos impediram que ele e sua família frequentassem a Igreja e também tentarm forçá-los a renunciar sua fé cristã. Mas ele ignorou o assédio, continuou a frequentar a igreja e cresceu em sua fé.

Meses depois, os vizinhos destruíram sua casa e roubaram suas propriedades, levando a família de Sung a se mudar e viver temporariamente perto da floresta. Com a intervenção do pastor de Sung, as autoridades permitiram que eles voltassem para casa e a consertaram com o apoio de amigos.

Semelhante a muitos outros povos tribais que viviam naquela área, Sung foi à floresta para cortar madeira e consertar sua casa com o material. Porém, logo que saiu, foi preso pelas autoridades locais e levado a tribunal.

No dia 26 de novembro de 2018, ele foi acusado de extração ilegal de madeira e destruição da floresta e foi condenado a 30 meses de prisão. Esta é uma tática muito usada pelas autoridades para oprimir e intimidar cristãos.

Embora Sung já tenha retornado para sua família, ele será colocado sob a vigilância das autoridades locais por um período que pode ir de seis meses a dois anos. O governo local proíbe qualquer visita à sua família.

Alguns pastores e amigos de Sung tentaram visitá-lo, mas sem sucesso. Ele provavelmente enfrentará muitos desafios de agora em diante, ao começar uma nova vida.

Atualmente, o Vietnã está em 19º lugar na Lista Mundial da Portas Abertas (2021), com perseguição caracterizada pela opressão comunista e pós-comunista.

Postar um comentário

0 Comentários