Header Ads Widget

“Deus não vai te tirar da fornalha, mas vai estar com você na fornalha”, diz pastor

 O pastor Joel Engel ministrou sobre a promessa da proteção de Deus.

Imagem ilustrativa de homem em frente ao fogo. (Foto: Getty Images/iStockphoto)

A oração mais comum entre as pessoas é o pedido de proteção a Deus. Mas para aqueles que andam em aliança com Jesus, esta é uma promessa garantida, especialmente em tempos incertos como o que vivemos.

“Jesus não disse que iria nos tirar da fornalha, mas Ele estaria conosco na fornalha. Ele não vai tirar você dessa pandemia, mas Ele estará contigo”, disse o pastor Joel Engel em culto transmitido online na terça-feira (5).

O líder do Ministério Engel observa que Israel tem um histórico de “proteção especial de Deus”, que pode ser visto tanto nos tempos bíblicos como nos tempos modernos. O motivo disso é a aliança feita com os patriarcas Abraão, Isaque e Jacó.

Em Gênesis 28:15, Deus faz uma promessa a Jacó: “Estou com você e cuidarei de você, aonde quer que vá; e eu o trarei de volta a esta terra. Não o deixarei enquanto não fizer o que lhe prometi”.

Engel sugere que, antes de sair de casa, nossa oração seja inspirada por esta palavra. “Senhor, Tua palavra diz que Tu estás comigo, que o Senhor vai me guardar por onde eu for, que o Senhor vai me fazer voltar para casa e não me deixará até que se cumpra sua palavra”.

O pastor também observa que a vida é uma luta constante e, por isso, precisamos das armaduras de Deus. Ele cita também as palavras de Jesus em Mateus 10:16: “Eu os estou enviando como ovelhas entre lobos. Portanto, sejam prudentes como as serpentes e simples como as pombas”.

“Você pisa na cabeça da serpente, mas ela pode ferir o seu calcanhar. Jesus está dizendo que você tem que ter cuidado e se precaver. A serpente é astuta e não podemos ignorar os desígnios do inimigo. Ele faz planos para nos atacar e nos destruir, mas o Senhor nos deu autoridade para pisar sobre serpentes e todo o poder do inimigo; nada nos fará dano (Lucas 10:19)”, afirma Engel.

O testemunho que devemos dar em tempo oportuno, segundo Engel, é este: O Senhor está conosco e Ele é nosso escudo.

Usando um talit, manto usado por judeus na oração, Engel fez uma explicação mais profunda sobre a proteção de Deus. “De geração em geração esse manto de proteção têm sido passado para os filhos de Jacó e para as próximas gerações, chegando a Jesus. E essa promessa vai chegando até os dias de hoje, e nós a recebemos”, explica.

“Eu tenho convicção dessa proteção e tenho convicção que não estou sozinho. Ainda que eu morra, sei que o Senhor me levantará dos mortos”, destaca Engel.

Veja a pregação completa:

Postar um comentário

0 Comentários