Header Ads Widget

Mães se reúnem ao ar livre para interceder pelos filhos e família, em Uganda

Encontro foi promovido por Godfrey Kutesa, fundador da Fundação Kuteesa e do Programa de Mentoria para Meninos.

Mães orando por suas famílias na capital de Uganda. (Foto: Reprodução / Facebook)

Mulheres cristãs se reuniram durante dois dias no chamado “Fim de semana de oração”, realizado no Monte Seguku, em Entebbe, na antiga capital de Uganda para interceder pela geração por seus filhos e por suas famílias.

O Mothers Raising S.O.N.S é uma iniciativa do Pr. Godfrey Kutesa, fundador da Fundação Kuteesa e do Programa de Mentoria para Meninos, e reúne mães para orar pelos seus filhos independentemente de qual denominação elas sejam.

Por meio das redes sociais, Kutesa incentivou as mães ugandenses a se posicionarem em oração por seus filhos. “Algumas coisas em seu filho não mudarão a menos que você ore profundamente”, escreveu ele no Facebook.

“A melhor maneira de entrar em batalha por nossos filhos é de joelhos, então vamos começar a lutar por eles agora mesmo”, acrescentou.

Durante os eventos que duraram o dia todo, o Pr. Kutesa disse que foi dada “atenção especial na oração pelos filhos e na quebra de fortalezas espirituais que as famílias enfrentam”.

“Nos baseamos nas Escrituras para orar para que nossos filhos possam sentar-se em seus lugares de reinado”, disse ele.

O próximo encontro está marcado para os dias 20 e 21 de março de 2021.

montanha de oração é uma instalação pentecostal privada estabelecida em 1999 pelo apóstolo John Mulinde da missão World Trumpet, com o propósito de reunir cristãos para orar.

Kuteesa explicou ao lançar a iniciativa de oração no ano passado que o inimigo redirecionou sua energia para destruir a próxima geração, “atacando nossos filhos, especialmente os filhos jovens”.

“A menos que você se levante como uma mãe para orar por seus filhos, ninguém fará isso por você”, disse Godfrey Kutesa.

Ele exortou que, por meio da oração, os pais são capazes de moldar o destino de seus filhos, netos e de todas as gerações seguintes.

Postar um comentário

0 Comentários