Header Ads Widget

Pastor chama igrejas para campanha de oração pelo Brasil: “É tempo de se posicionar”

O pastor Joel Engel convida líderes e intercessores para uma campanha de oração que vai até a Páscoa, 4 de abril.

O pastor Joel Engel convida líderes e intercessores para uma campanha de oração pelo Brasil. (Foto: Ministério Engel)

Enquanto o cenário de 2020 se repete em 2021, com o aumento de casos da Covid-19, hospitais em colapso e novas medidas restritivas dos governos, o pastor Joel Engel convida as igrejas brasileiras a se unirem em uma campanha de oração e evangelização.

Nesta quarta-feira (10), Engel iniciou com sua família um retiro de oração de sete dias, para clamar a Deus diante da situação caótica do Brasil. Em seguida, a partir de 16 de março, ele começa uma jornada de oração de 20 dias com pastores, líderes e intercessores de todo o País.

A campanha de jejum e oração acontece de 16 de março até a Páscoa, dia 4 de abril, com cristãos de diversas denominações e cidades brasileiras.

No Rio Grande do Sul, onde está a sede do Ministério Engel, os intercessores irão se revezar em uma escala de 24 horas, todos os dias. Cada igreja e grupo de oração tem a liberdade de organizar seus próprios turnos de oração.

“O anticristo está preparando o caminho para dominar o mundo. Estamos vendo essa nova ordem mundial surgindo, com todo inferno por trás. Nós, como Igreja, devemos nos posicionar, clamar o sangue de Jesus e testemunhar a Palavra”, disse Engel ao Guiame.

“Estamos orando contra o espírito maligno que está por trás dessa pandemia, querendo trazer falência e dominar as nações. Oramos contra esse projeto anticristão e comunista que, usando a doença, procura quebrar empresas e desestabilizar governos. Pedimos a Deus que julgue esse principado maligno e liberte o nosso povo”, explica o pastor.

Baseado em Êxodo 12:13, onde Deus instrui o povo hebreu a colocar o sangue do cordeiro como sinal nas casas para não haver entre eles “praga de mortandade”, Joel Engel instrui os intercessores a clamarem pelo sangue de Jesus sobre as cidades, estados e País.

“A única possibilidade de salvação está no sangue de Jesus. Que o sangue de Jesus seja colocado sobre nossas portas, nossos filhos e familiares”, declarou.

É tempo de se posicionar

De acordo com Engel, é preciso ativar toda a Igreja Evangélica para se posicionar contra o espírito maligno por trás do caos provocado ao redor do mundo. “A Igreja é a única instituição no mundo que pode parar tudo isso através da oração e impedir que o Brasil se torne uma nação comunista”, disse.

Através das redes sociais do Ministério Engel, serão transmitidas reuniões de oração e mensagens de fé. A intenção do pastor é “abençoar e levar salvação a todos os que estão desesperados por meio das mensagens e orações”.

O convite se estende a todos os cristãos brasileiros, com base em 2 Crônicas 7:14, que diz: “Se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar e orar, buscar a minha face e se afastar dos seus maus caminhos, dos céus o ouvirei, perdoarei o seu pecado e curarei a sua terra”.

“Esse povo somos nós, por isso é importante estarmos em unidade. O próprio Jesus orou para que fôssemos um, para que o mundo creia. Esse é o nosso clamor”, disse Engel. “É isso o que Deus espera de nós, como Igreja: que a gente entenda que estamos vivendo os últimos dias que antecedem a volta de Jesus. A Igreja precisa acordar e lutar para frear essa força maligna que tenta dominar o mundo”.

Postar um comentário

0 Comentários