Header Ads Widget

Cristãos são libertados 2 semanas após sequestro em micro-ônibus da igreja, na Nigéria

Kaduna fica no Cinturão Médio da Nigéria, onde pelo menos 240 cristãos foram mortos em ataques islâmicos desde o início de julho de 2020.


Micro-ônibus da igreja onde oito cristãos estavam viajando para evangelizar. (Foto: Reprodução / Eje Kenny Faraday)


 Membros da Igreja Cristã de Deus Redimida, em Kaduna, Nigéria, sequestrados por bandidos durante trajeto para Kafanchan foram libertados, confirmou o pastor sênior da Igreja, Enoch Adeboye.

Ele explicou que os oito membros foram sequestrados por bandidos por volta das 18h, enquanto estavam viajando em um micro-ônibus da igreja, em 26 de março.

A notícia da libertação dos cristãos foi confirmada pelo Pr. Adeboye, no dia 8 de abril. Ele disse que os homens libertados foram levados a um hospital para serem examinados.

“Glória a Jesus. Oramos por uma paz duradoura em todas as regiões problemáticas do país em nome de Jesus”, declarou.

O engenheiro Eje Kenny Faraday disse que “ele escapou por pouco de ser uma vítima”.

Ale deu a notícia em seu Facebook com a fotografia do ônibus vazio por volta das 19h: “Todos os passageiros do ônibus acabam de ser sequestrados ao longo da Kachia Road, quilômetro 63 de Kaduna.”

Missão evangelística

O micro-ônibus da igreja - exibindo na lateral o nome “Igreja Cristã de Deus Redimida” - foi detido no caminho da cidade de Kaduna para Kafanchan.

Os cristãos, todos adultos, estavam viajando para Kafanchan, em uma missão evangelística.

A parte norte do estado de Kaduna é principalmente muçulmana e a sul é cristã, e o estado fica no Cinturão Médio da Nigéria, onde pelo menos 240 cristãos foram mortos em ataques islâmicos desde o início de julho de 2020.

Em 6 de abril, um cristão foi morto, outros quatro ficaram feridos e outros quatro sequestrados por bandidos em outro ataque a um ônibus da igreja no mesmo trecho da estrada.

Postar um comentário

0 Comentários