Header Ads Widget

Pastor é preso em Londres por falar que ‘Deus criou apenas dois sexos, homem e mulher’

John Sherwood, de 71 anos, foi abordado pela polícia depois que queixas foram feitas contra ele.

John Sherwood sendo preso em frente à estação de metrô, em Londres. (Foto: Pooyan Mehrshahi / Facebook)

Um pastor do norte de Londres foi preso após pregar fora da estação Uxbridge, em Londres. Na sexta-feira (23), o pastor John Sherwood, da Pilgrim Tabernacle, foi abordado pela polícia depois que queixas foram feitas contra ele.

Um vídeo compartilhado online mostra o pregador protestando contra dois policiais antes de ser puxado de uma plataforma elevada e levado algemado.

"Às 13h35 na sexta-feira, 23 de abril, policiais em patrulha foram sinalizados por um membro do público que os alertou sobre um homem supostamente fazendo comentários homofóbicos perto de Estação de metrô Uxbridge”, disse um porta-voz da Polícia Metropolitana, em um comunicado ao Premier.

Segundo Pr. Jonathan Bragatto, brasileiro que dirige igreja em Londres, Sherwood “ousou falar em sua pregação de rua que Deus criou apenas dois sexos, macho e fêmea, homem e mulher”.

"Os policiais falaram com o homem de 71 anos e ele foi posteriormente preso sob a suspeita de um crime sob a Seção 5 da Lei de Ordem Pública", informa o Premier.

A Polícia Metropolitana confirmou que ele foi levado para uma delegacia de polícia no oeste de Londres, onde foi posteriormente libertado sob investigação.

Um arquivo foi encaminhado ao Crown Prosecution Service, o que significa que outras ações podem ser tomadas.

A prisão aconteceu dois anos depois que outro pregador de rua cristão foi indenizado por prisão injusta depois de ser parado nas proximidades de Enfield.

O Pastor Oluwole Ilesanmi recebeu £ 2.500 da Polícia Metropolitana em relação à sua prisão e detenção ilegal.

A Polícia Metropolitana diz que o caso do pastor John Sherwood foi avaliado por sua Diretoria de Padrões Profissionais e nenhuma revisão adicional será necessária.

Postar um comentário

0 Comentários