Header Ads Widget

Três crianças usadas em ritual religioso são resgatadas pela Polícia no Pará

Caso ocorreu na comunidade de Vila do Treme, na zona rural do município de Bragança.

Trecho de vídeo que mostra o ritual. (Foto: Divulgação / YouTube)

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra três crianças de 1, 8 e 11 anos que estavam sendo usadas por uma família em um ritual religioso na comunidade de Vila do Treme, em Bragança (PA), de onde foram resgatadas pela Polícia Civil e Conselho Tutelar.

As meninas resgatadas são irmãs e estavam cobertas por um pano branco e posicionadas em pé em frente a uma cruz no quintal da casa.

Cenas do ritual mostram um grupo de pessoas aparece rezando em volta de crianças, que choram e gritam. Ao redor, outras pessoas tentam impedir a ação e são afastadas pelo grupo que realizava o ritual.

As vítimas dos maus-tratos ficavam dentro de um desenho que representava o que seria uma arca. A cerimônia ocorria em jejum, com duração de horas e ao longo de três dias.

"Fomos acionados devido às denúncias de maus-tratos das crianças. Elas estavam sofrendo e sendo agredidas. Chegamos lá e os familiares rezavam porque queriam acabar mesmo com a pandemia [através da cerimônia]", confirmou ao UOL a conselheira tutelar Maria Rosa.

O caso chegou até a Delegacia de Investigação de Crimes Contra a Criança e o Adolescente após a comunidade denunciar o ritual ao Conselho Tutelar. Todas foram encaminhadas para cuidados em um abrigo.

Uma mensagem que circula nas redes sociais diz que se tratava de um ritual para acabar com a Covid-19 e que 2 crianças seriam sacrificadas. Mas a Polícia Civil não confirma essa informação.

Segundo a PC, novas diligências serão realizadas a partir dos depoimentos coletados para apurar o caso e identificar todos os envolvidos.

Assista:

Postar um comentário

0 Comentários