Uma vida muito arriscada

Como os cristãos secretos vivem em países com maior grau de perseguição sem que ninguém saiba sobre sua fé

Os iemenitas aprendem por toda a vida a serem cuidadosos com cristãos e não se abrirem para o evangelho. Porém, Yasser conheceu a Cristo há alguns anos e o segue com um grupo de cristãos secretos
A Revista Portas Abertas do mês de fevereiro apresenta a realidade dos cristãos secretos que vivem em países do Top 10 da Lista Mundial da Perseguição 2020. Nessa lista não estão inclusos Coreia do Norte (que já falamos no mês de janeiro) e Índia, em que essa realidade não se aplica. Os oito países são de maioria islâmica e, em todos, os cristãos ex-muçulmanos enfrentam retaliação caso a nova crença seja descoberta. Também é possível entender um pouco mais da realidade dos cristãos secretos em cada um desses países.
O primeiro testemunho é de Yusuf, jovem somali, que vive sua fé secretamente. Apesar disso, seu sonho é ser um embaixador de Cristo e compartilhar o evangelho com outros somalis. O segundo é sobre Musse (pseudônimo), pastor na Eritreia que, mesmo enquanto preso, decidiu continuar compartilhando sobre as boas-novas de Cristo. Na prisão, realizava reuniões secretas explicando textos bíblicos para outros detentos.
Você também vai conhecer Yasser, do Iêmen, que foi criado como muçulmano radical, mas há algum tempo decidiu aceitar a Cristo. Apesar de ser um cristão secreto, aproveita as oportunidades que surgem no país de compartilhar sua fé com outros muçulmanos. A igreja livre também é convidada a fazer algo pelos cristãos secretos, seja compartilhando sobre o assunto, orando ou apoiando nossos projetos.
Uma vida muito arriscada Uma vida muito arriscada Reviewed by MISSÕES URGENTE on 15:24 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.