Mais de 200 pessoas se entregam a Jesus durante pandemia em vila na África - MISSÕES URGENTE
Seguir no Facebook Seguir no Twitter Seguir no Instagram

BRASIL MUNDO ISRAEL VERSÍCULOS PEDIDO DE ORAÇÃO VÍDEOS MÚSICA PREGAÇÕES CINEMA E TV COLUNA

quinta-feira, 2 de julho de 2020

Mais de 200 pessoas se entregam a Jesus durante pandemia em vila na África

Quando o Quênia fechou devido à pandemia, o plantador de igrejas Jonas viu o caos se instalar nas vilas onde faz trabalho missionários.


Jonas durante distribuição de alimentos no Quênia. (Foto: Reprodução/TTI)
Jonas é um plantador de igrejas afiliado à organização cristã The Timothy Initiative (TTI) no Quênia e um líder respeitado em sua aldeia.

Quando seu país fechou devido ao Covid-19, Jonas presenciou o caos que a situação causou em sua comunidade. As pessoas perderam seus empregos e renda. A destruição de preços e a escassez de alimentos fizeram com que as famílias lutassem pela sobrevivência.

Jonas viu que as pessoas necessitavam de ajuda e também que precisavam de Jesus.

A situação desesperadora da comunidade fez com que Jonas usasse sua própria renda para comprar comida para compartilhar com os necessitados.

Outros cristãos foram inspirados por sua generosidade e doaram alimentos, que foram distribuídos às famílias mais vulneráveis ​​de sua comunidade.

Três outros plantadores de igrejas se uniram aos esforços e, ao mostrar e compartilhar o amor de Jesus, os resultados foram surpreendentes: 863 pessoas ouviram a mensagem do Evangelho e 211 pessoas receberam Cristo.

Entre eles estava um muçulmano chamado Aasir. Ele perdeu o emprego devido ao Covid-19, deixando o homem e sua família desabrigados. Jonas levou todos a Cristo.
Aasir viu como era andar em um relacionamento com Jesus, dia após dia, e decidiu entregar sua vida a Cristo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário