Cristão está preso há 6 anos na Coreia do Norte por alimentar e evangelizar refugiados

 O diácono Jang Moon Seok é norte-coreano, mas vivia na China, ajudando pessoas que fugiam da Coreia do Norte.

Jang Moon Seok atua como diácono em um ministério cristão na China, ajudando refugiados que fogem da Coreia do Norte. (Foto: Voz dos Mártires)

Um cristão foi sequestrado por agentes norte-coreanos enquanto estava na China em novembro de 2014 e está em um campo de trabalhos forçados na Coreia do Norte, desde então.

O porta-voz da organização cristã Voz dos Mártires (VOM), Todd Nettleton, disse ao site ‘Christian Post’ que o diácono Jang Moon Seok foi levado pelos agentes porque deu comida, roupas, uma cama quente e compartilhou o amor de Deus com os refugiados famintos, nus, com frio e desesperados que fugiram da Coreia do Norte pela fronteira.

Como a CBN News relatou, a VOM tem tentado interceder em nome de Seok. Eles lançaram uma campanha de envio de cartas em abril para levar o diácono de volta para casa.

"O diácono Jang, que também é conhecido pelo nome chinês Zhang Wen Shi, é um cidadão chinês de origem coreana, que foi sequestrado em novembro de 2014 na China e colocado em uma prisão norte-coreana", disse o representante da VOM Coreia, Dr. Hyun Sook Foley.

"Acreditamos que o motivo de seu sequestro foi para reunir informações sobre o trabalho do ministério norte-coreano que estávamos fazendo com o pastor Han", acrescentou Foley.

Jang foi levado pelos agentes norte-coreanos em 1º de novembro de 2014 por “difamar o regime norte-coreano”, “tentar incitar a subversão do poder do Estado” e por fornecer ajuda e compartilhar a mensagem do Evangelho aos norte-coreanos. Ele foi condenado a 15 anos de prisão.

“A expectativa de vida em um campo de prisioneiros na Coreia do Norte é de menos de 15 anos”, disse Nettleton ao PC.

Foley disse que o diácono "é um homem simples, que nunca fez nada político. Ele apenas ajudou o povo norte-coreano por muitos anos. Isso nunca deveria ser um crime, e os cristãos deveriam se unir para ajudar o diácono Jang e sua família".

Muitos norte-coreanos receberam a mensagem de Jang e se tornaram cristãos, voltando com frequência à casa dele para mais aulas bíblicas. Ele os ensinou como compartilhar sua fé com outras pessoas, especialmente com suas famílias.

"Estamos profundamente preocupados com a prisão de prisioneiros de consciência pela Coreia do Norte, como o diácono Jang Moon Seok. A Comissão dos Estados Unidos sobre Liberdade Religiosa Internacional adotou o diácono Jang como parte de seu Projeto de Prisioneiros de Consciência Religiosos", disse um porta-voz do Departamento de Estado dos EUA.

Cristão está preso há 6 anos na Coreia do Norte por alimentar e evangelizar refugiados Cristão está preso há 6 anos na Coreia do Norte por alimentar e evangelizar refugiados Reviewed by MISSÕES URGENTE on 15:46 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.