“Ore para que a Coreia do Norte seja um país livre em Cristo”, pede cristã local em carta

 Uma cristã norte-coreana visitou uma casa cristã de apoio na China e deixou no local uma carta emocionante de gratidão e pedidos de oração.

Cristãos étnicos coreanos cantam hinos em Yanji, na fronteira entre a China e a Coreia do Norte. (Foto: PETER PARKS/AFP/GETTY IMAGES)

A norte-coreana Mi-Ok* tem mais de 70 anos de idade e recentemente comoveu a equipe da Missão Portas Abertas, com um mensagem de gratidão pelo cuidado que muitos cristãos que ela nem mesmo conhecia antes, tiveram para com ela meses atrás.

Seus pais serviram na igreja clandestina na Coreia do Norte por décadas. Ela conseguiu chegar à China no início deste ano, onde visitou uma casa segura da Portas Abertas e recebeu comida, comunhão e cuidado pastoral. Depois que ela foi fortalecida física e espiritualmente e retornou ao seu país.

Pouco antes de partir, ela escreveu uma carta de agradecimento, endereçada a um dos parceiros da Missão que a atendeu e expressou também sua gratidão a outros cristãos que cuidaram dela nesse período — de forma direta, atendendo-a na casa e também de forma indireta, sustentando financeiramente e orando por esse ministério.

Um pseudônimo está sendo usado para nomeá-la com o objetivo de preservar a segurança de Mi-Ok, pois qualquer pessoa que escapar do país e for exposta como cristã pode enfrentar prisão perpétua ou até mesmo pena de morte. Porém a essência da mensagem foi mantida.

Confira abaixo a carta de Mi-Ok.

Querido professor,

Eu sou Mi-Ok da Coreia do Norte.

Não consigo encontrar palavras para expressar o quão grato está meu coração, o quão grande e incrível é a graça de Deus sobre mim. A única coisa que posso dizer é: ‘Muito obrigado’.

Sou menos digna que um inseto que rasteja no chão, mas Deus derrama Sua graça sobre mim e eu estou simplesmente envolvida por ela.

Quando recebi comida, roupas, remédios e outros suprimentos de vocês, eu simplesmente chorei muito. Sinto-me muito grata pelo amor incrível de Deus.

Como você sabe, esta não foi minha primeira vez na China. Mas desta vez eu vi, senti e percebi muitas coisas. Sempre acreditei que já era um cristã, desde que fui concebida no ventre de minha mãe. Minha família e meus ancestrais são crentes muito fiéis, e eu segui seus passos.

Mas só agora percebi quantas pessoas têm orado por nós, os crentes norte-coreanos, e por nosso país. Estou surpreso que tantas pessoas se importem conosco.

Meu pai e minha mãe serviam secretamente à igreja clandestina. Embora todos nós passemos por muito sofrimento e perseguição, meus pais criaram a mim e a meus irmãos como cristãos.

Eu mantive a fé até agora por meio de suas orações poderosas! Graças às suas orações, pude experimentar o amor de Deus.

Já faz mais de um século que a Coreia foi dividida ao meio. Sem o amor de Jesus Cristo, como eu poderia ter experimentado o amor de Deus?

Sempre que te vejo, professor, sinto que é como Jesus, servindo a esta geração.

Depois de voltar para o meu país, não sei que tipo de sofrimentos poderei enfrentar. Mas prometo que guardarei minha fé até o último dia de minha vida. Por favor, ore para que eu seja capaz de permanecer firme. Ore também para que a Coreia do Norte seja um país livre em Cristo.

Sentirei muito a sua falta quando estivermos fisicamente separados. No entanto, estarei ansioso para reencontrá-lo em breve e adorar a Deus em voz alta em uma Coreia unificada pelo amor de Cristo.

Muito obrigado novamente.

Vou me lembrar de você em minhas orações, mesmo eu estando de volta à Coreia do Norte.

Se possível, venha até minha casa. Vou servir uma grande porção de arroz de milho! Eu oro para que você permaneça saudável.

Em Cristo, eu digo 'adeus'.

*Nome fictício usado por motivos de segurança.

“Ore para que a Coreia do Norte seja um país livre em Cristo”, pede cristã local em carta “Ore para que a Coreia do Norte seja um país livre em Cristo”, pede cristã local em carta Reviewed by MISSÕES URGENTE on 11:45 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.