Pastor sequestrado na Nigéria continua em cativeiro

 O líder foi capturado em outubro e permanece sob o controle de extremistas

Circularam notícias falsas de que o pastor Polycarp Zongo havia sido solto, mas ele continua preso na Nigéria (foto: MK Reporters)

No dia 19 de outubro, o pastor Polycarp Zongo foi sequestrado por extremistas enquanto estava a caminho de uma conferência cristã, na Nigéria. No começo de novembro, circularam notícias falsas de que o pastor havia sido solto, mas ele continua nas mãos dos jihadistas.

Em um vídeo postado no dia 29 de outubro, 10 dias após o sequestro, o pastor Zongo foi visto pedindo ao governo e aos líderes religiosos do país que trabalhassem para a libertação dele e de duas mulheres que também foram sequestradas. O vídeo foi postado por um grupo extremista islâmico.

O líder cristão nigeriano Gideon Para Mallam disse ao portal americano de notícias Christian Post, que “não sabia que o grupo tinha laços com outros grupos islâmicos que estão ativos na região, como Boko Haram e Estado Islâmico da África Central. O vídeo tinha detalhes sobre grupos cristãos e os agressores não pediram resgate, o que indica que novos sequestros de cristãos podem acontecer até o Natal. Precisamos estar atentos para não caírem em armadilhas criadas por eles, para não virarmos presas fáceis”, concluiu Mallam.

No dia primeiro de novembro, o Boko Haram matou pelo menos 12 pessoas e sequestrou três mulheres durante um ataque a uma aldeia no nordeste do estado de Borno, na Nigéria. Os sequestradores dirigiram caminhonetes até a aldeia Takulashi e começaram a atirar, saqueando suprimentos e incendiando casas, informou um líder comunitário à agência AFP. Takulashi fica a 18 km de Chibok, a cidade onde o Boko Haram sequestrou 275 meninas em 2014. Desde que começou, em 2009, a insurgência do Boko Haram assassinou pelo menos 27.000 pessoas no território e países vizinhos. Por isso, ele tem sido chamado de "ator mais ativo e letal da África Ocidental", completou o líder.

Pedidos de oração

  • Clame pela vida do pastor e das pessoas sequestradas, para que Deus os proteja e sejam libertos em breve.
  • Interceda pelos sequestradores, para que encontrem Jesus e tenham a vida transformada pelo salvador.
  • Ore para que os governantes do país tenham sabedoria para lidar com os conflitos de maneira pacífica, visando o bem de todos do país.
Pastor sequestrado na Nigéria continua em cativeiro Pastor sequestrado na Nigéria continua em cativeiro Reviewed by MISSÕES URGENTE on 08:10 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.