Tudo Bem no Natal Que Vem’: filme de Leandro Hassum faz sucesso e pastor elogia conteúdo - MISSÕES URGENTE
Seguir no Facebook Seguir no Twitter Seguir no Instagram

BRASIL MUNDO ISRAEL VERSÍCULOS PEDIDO DE ORAÇÃO VÍDEOS MÚSICA PREGAÇÕES CINEMA COLUNA

sexta-feira, 11 de dezembro de 2020

Tudo Bem no Natal Que Vem’: filme de Leandro Hassum faz sucesso e pastor elogia conteúdo

 

A temporada de Natal no Brasil é sempre sinônimo de festa, calor, trânsito caótico, praia lotada, briga no estacionamento do supermercado e reuniões familiares. Nos últimos anos, lançamentos de filmes de mau gosto do Porta dos Fundos se tornaram também parte da rotina, com ataques à fé cristã cada vez mais ácidos. Em 2020, porém, o filme natalino que chama atenção é Tudo Bem no Natal Que Vem.

O longa-metragem estrelado pelo humorista Leandro Hassum estreou na Netflix no último dia 03 de dezembro e alcançou sucesso indiscutível na plataforma, não apenas no Brasil, mas também em diversos países ao redor do mundo, o que levou o pastor Renato Vargens a elogiar a produção por seu roteiro e aproveitar a situação para criticar o Porta dos Fundos.

Tudo Bem no Natal Que Vem é dirigido por Roberto Santucci, que repete a parceria com Leandro Hassum: a dupla já havia feito sucesso nos filmes Até Que A Sorte Nos Separe e O Candidato Honesto.

De acordo com informações da revista Veja, o personagem de Hassum, Jorge, faz aniversário no dia do Natal e detesta ter que dividir as atenções com as comemorações do Natal.

No entanto, após um evento estranho, ele passa a esquecer tudo o que aconteceu no ano anterior e só se lembra dos acontecimentos do Natal, e isso se repete ano após ano.

O roteiro simples e a representação da realidade do Natal no Brasil – bem diferente dos filmes sobre essa época nos Estados Unidos – levou Tudo Bem no Natal Que Vem a fazer um tremendo sucesso em países como o México, França, Espanha e Alemanha, onde ocupa a primeira posição dos filmes mais assistidos no país.

Dados sobre a audiência em todo o mundo mostram que o filme, chamado Just Another Christmas em inglês, é o quarto mais visto desde sua estreia, atrás apenas de Crônicas de Natal: Parte DoisO Segredo: Ouse Sonhar; e Crônicas de Natal, respectivamente.

“Os filmes natalinos americanos são as referências que temos, né? Mas o Natal brasileiro é bem diferente. Todo Natal tem aquela reunião de família, no verão, com todo mundo junto, se abraçando, brigando, contando piada ruim, falando de futebol e política. Estou feliz que o nosso trabalho está estreando no streaming e não no cinema, estamos vivendo um ano atípico”, comentou o ator protagonista

Pastor elogia

Em seu blog, o pastor Renato Vargens parabenizou o filme pelo sucesso e elogiou aspectos do roteiro: “Milhares de pessoas tem comentado nas redes sociais as virtudes do filme onde a família e os valores familiares tem sido valorizados”, introduziu.

Em seu artigo, o pastor diz que essa “é a prova que filme nacional pode fazer sucesso sem ofender a fé de ninguém, ou mesmo desrespeitar o cidadão brasileiro com expressões chulas, imorais e absortas em mal gosto”.

“O roteiro de Paulo Cursino é simples, engraçado e ao mesmo tempo reflexivo, isto porque traz a reboque valores importantes quanto ao casamento, relacionamento entre pais e filhos e claro, relacionamento familiar. Ademais a película deixa uma lição àqueles que querem fazer cinema como por exemplo o grupo Porta dos Fundos que geralmente no Natal costuma afrontar a fé alheia produzindo lixo da pior espécie.”, desabafou Vargens.

Por fim, o pastor alertou que “o filme não é perfeito, e nem sempre dá para concordar com tudo”, mas ainda assim trata-se de uma produção que conseguiu propor uma “reflexão àqueles que o assistiram levando o telespectador a entender a importância da família”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário