Header Ads Widget

Pastor incentiva noivos a não deixarem de casar na pandemia: “Não desista do sonho de Deus”

Guilherme Batista e Mariel da Rocha se casam nesta quinta-feira (4), incentivando noivos a não desistirem do sonho do casamento.

Guilherme Batista e Mariel da Rocha se casam nesta quinta-feira, 4 de março. (Foto: Larissa Araújo Santos)

O casamento é parte da história da criação de Deus, mas muitos têm adiado a celebração desta aliança diante das restrições decretadas pelos governos por causa da pandemia de Covid-19.

Segundo um levantamento do site de casamentos iCasei, pelo menos 61% das cerimônias marcadas para 2020 foram canceladas — e o cenário continua o mesmo no início de 2021, quando governos estaduais voltaram a restringir atividades não essenciais devido ao aumento de casos de coronavírus.

Este é um dos motivos que irá transformar o casamento do pastor Guilherme Batista e Mariel da Rocha em uma cerimônia intimista, apenas com a família. 

Guilherme e Mariel ficaram noivos em dezembro de 2020 e tiveram poucos meses para planejar o casamento, marcado para esta quinta-feira (4). O plano seria realizar uma festa com 150 convidados, mas a restrição para a realização de eventos, anunciada a pouco menos de uma semana da data marcada, mudou a programação.

“A princípio ficamos assustados, porque não foi isso o que planejamos. Mas quando vimos que não tinha outra saída, nós decidimos orar”, disse ao Guiame o pastor Guilherme, líder dos movimentos Exército de Oração, O Retiro e CEU (Conexão Estudantil e Universitária).

Por serem exemplo para muitos jovens, Guilherme e Mariel decidiram priorizar o casamento, em vez da festa. “Reduzimos apenas para os nossos familiares, mas decidimos não cancelar para mostrar às pessoas que elas não precisam cancelar seus sonhos. Às vezes não é do jeito que queremos, mas é do jeito que Deus havia planejado”, afirmam.

“A principal instituição de Deus é a família. Nós vimos o casamento como uma oportunidade de dar início ao nosso projeto de família. Nós não tínhamos feito um projeto apenas para curtir uma festa, mas sim para que a gente pudesse viver uma vida inteira juntos”, explica Guilherme. 

O conselho de Guilherme para os noivos que estão com o casamento marcado para 2021 é: “não desista do sonho do casamento”. 

“Eu sei que muitos estão sonhando com esse momento especial e, por conta de um decreto como esse, se frustram. Mas a nossa mensagem é: não desista”, afirma. “Se você pode fazer com 15 pessoas, então faça. Se você está projetando um casamento para os próximos meses, reúna apenas a sua família e celebre a festa depois. Temos visto muitas pessoas se readaptando a este novo cenário que estamos vivendo”.

“Não desista de fazer o casamento na data que você havia proposto, todos vão entender”, acrescenta. “O principal, que é o sonho de Deus sendo realizado através de uma união como essa, é o que vai valer a pena”.

O casal decidiu adiar a festa com convidados para março de 2022, quando completarem um ano de casados. Mas isso não irá impedi-los de consagrar sua aliança a Deus. “Nós priorizamos aquilo que é realmente importante, que é aquilo que Deus estabeleceu”, destaca.

Guilherme conheceu Mariel através das lives de oração, feitas todos os dias às 3h da madrugada, no ano passado. Segundo o pastor, a história dos dois é especial, já que ambos já foram casados.

“Durante esses últimos anos nós oramos e esperamos para que Deus pudesse nos direcionar para um tempo novo, debaixo da vontade Dele. Às vezes as pessoas se frustram com algumas respostas que ouvem da Igreja, como ‘você não pode mais casar’ ou ‘você deve ficar solteiro pelo resto da vida’, sendo que, muitas vezes, a separação não parte da pessoa. Muitos foram traídos e agredidos, e muitas vezes escutam isso”, explica.

Por fim, Guilherme reforça: “Nós acreditamos muito no casamento e nossa ideia é trazer esperança para aqueles que sonham com o casamento”.

Postar um comentário

0 Comentários