‘Muitos são aprisionados por falta de conhecimento’, diz ex-feiticeiro sobre libertação

 Depois de perceber que a maioria dos cristãos não conhecem as estratégias espirituais de Satanás, Curtis Kelley passou a se dedicar ao ensino no ministério de libertação.

O ex-boxeador Curtis Kelley foi restaurado de seu passado no ocultismo. (Foto: Reprodução/YouTube/Jewish Voice)

ex-boxeador Curtis Kelley tinha um forte vínculo com a feitiçaria antes de se converter ao cristianismo. Depois de perceber que a maioria dos cristãos não conhecem as estratégias espirituais de Satanás, ele passou a se dedicar ao ensino no ministério de libertação.

“Já que eu estava naquela situação sombria, Deus me disse para trazer essa informação para a mesa”, disse Curtis, também conhecido como Earthquake Kelley, que já esteve no posto de liderança do vodu haitiano.

Hoje, Curtis, de 64 anos, tornou-se um preletor internacional e dá aulas no Zoom para ensinar sobre batalha espiritual. Seu objetivo é lançar escolas de libertação, chamadas Deliverance 101, nas principais cidades dos Estados Unidos.

“Não é só um monte de gritaria e arremesso. Precisamos entender a palavra de Deus para saber como lutar contra esses demônios”, disse ele ao site God Reports. “O inimigo não quer que o corpo de Cristo seja educado sobre o que ele faz e quem ele usa”.

“A libertação não é uma corrida de 40 jardas, é uma maratona. Pode demorar um pouco para contornar a pista e aprender essas coisas. Muitas pessoas desistem por falta de conhecimento. A igreja não é ensinada a lutar”, acrescenta Curtis.

Nascido em uma família de imigrantes haitianos em Nova York, Curtis era herdeiro do legado da família na feitiçaria, sendo o sétimo nascido dentro da religião. Ele aprendeu muito sobre o ocultismo, mas quando viu demônios entrando e saindo de sua casa, decidiu que queria sair.

Mesmo sem vontade, ele decidiu visitar cultos de avivamento em dezembro de 1971. No terceiro, o evangelista o chamou: “Jovem, Deus quer te salvar. Deus diz: 'Eu te amo. Eu quero salvar você'”, lembra Curtis. “Eu não queria nada com a igreja porque achava que eles eram fracos. Mas quando soube que Deus me amava, subi ao altar”.

Curtis também tem sua vida marcada pelo boxe. Ele era lutador de luta livre e chamou a atenção do promotor Don King, que o enfrentou como um boxeador peso superpesado junto com Mike Tyson, que era da categoria peso pesado.

Ele começou a experimentar algum sucesso, mas um acidente de carro em 1986 encerrou sua carreira no esporte.

Curtis entrou no ministério e passou a liderar um programa de reabilitação de drogas em uma igreja de Los Angeles, no início da década de 1990. Anos depois, ele teve a oportunidade de ensinar Libertação e Demonologia na Universidade do Sul da Califórnia.

Curtis pastoreou uma igreja em Hollywood entre 2004 e 2009 e, mais tarde, liderou uma congregação em Nova York. Atualmente, ele tem sido motivado a ensinar mais sobre o tema de libertação para cristãos ao redor do mundo.

“Meu povo é destruído por falta de conhecimento”, diz Curtis, citando o texto bíblico de Oséias 4:6. “Meu povo é aprisionado por falta de conhecimento. O inimigo não está sendo devidamente desafiado na igreja”.

‘Muitos são aprisionados por falta de conhecimento’, diz ex-feiticeiro sobre libertação ‘Muitos são aprisionados por falta de conhecimento’, diz ex-feiticeiro sobre libertação Reviewed by MISSÕES URGENTE on 14:21 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.