Header Ads Widget

Após pedir a Deus uma irmã, garoto é surpreendido com bebê sob árvore de Natal

 Owynn passou anos orando por uma irmã ou irmão, até que viu suas orações atendidas, quando seus pais adotaram uma bebê.

Owynn se deita ao lado da irmã mais nova, após vivenciar a emoção de ver suas orações atendidas. (Foto: Facebook)

O garoto Owynn Lindsay, de 10 anos, passou muito tempo desejando um irmão ou irmã e orando por isso. Ele até listou isso entre os seus desejos de Natal. Mas não esperava que seu ‘presente’ chegasse mais cedo dessa vez, quando ele encontrou um recém-nascido sob a árvore de Natal de sua casa.

Adam e Stacey, os pais de Owynn, já sabiam do sonho de seu filho. Na verdade, depois de ter Owynn, eles passaram 7 anos tentando ter outro bebê. Mas depois de sofrer cinco abortos espontâneos e não obter sucesso com a fertilização in vitro e pensaram em recorrer a um orfanato.

Stacey compartilhou: “Depois de cinco abortos espontâneos e malsucedidas tentativas com a fertilização in vitro, entregamos nossa jornada a Deus. Pensamos em tentar com um orfanato ... Ele e eu tivemos muitas conversas profundas sobre como às vezes Deus responde às nossas orações, não exatamente como pretendemos que Ele o faça”.

No entanto, o casal abandonou a ideia de tentar com um orfanato, durante uma das aulas de adoção que frequentaram.

“Sabíamos que o objetivo da adoção era colocar aquela criança de volta em uma família, e nossos corações estavam muito sensíveis. Sabíamos que essa parte poderia ser extremamente difícil para nossa família. Meu filho estava com o coração partido”, comentou ela.

Então, a família intensificou as orações pela chegada do bebê. E em junho de 2017, eles conheceram uma jovem que não tinha como criar seu bebê e queria colocá-lo para adoção.

“Pela graça de Deus, fomos apresentados a uma jovem incrível, Kendra, que queria entregar seu bebê para adoção. Sabíamos que era uma chance em um milhão dela nos escolher, mas nossas orações foram atendidas”, relatou Stacey.

Ela explicou que a mãe biológica poderia mudar de ideia a qualquer momento, então eles mantiveram a situação em segredo e não contaram a Owynn, para não gerar expectativas que poderiam ser frustradas.

Então, no dia 6 de dezembro de 2017, Kendra deu à luz à bebê Naylee.

“Ficamos no hospital com Naylee e não saímos do lado dela, até que Kendra nos deu permissão para levá-la para casa”, lembrou ela.

Oração respondida

O casal levou Naylee oficialmente para casa no dia 8 de dezembro. Eles pensaram em como poderiam surpreender Owynn. Então, eles colocaram o bebê em um ‘bebê conforto’ sob a árvore de Natal, enquanto esperavam Owynn voltar da escola.

Owynn correu para a varanda, surpreso por seus pais terem voltado cedo. Eles então conduziram Owynn à mais esperada resposta de sua oração.

A princípio, quando Owynn viu Naylee, ele não sabia o que esperar. Então, Stacey apontou para o que estava escrito na blusinha da da bebê, que dizia: “Irmãzinha”. Foi naquele momento que Owynn entendeu realmente o que estava acontecendo. Ele se sentiu muito feliz ao segurar sua irmãzinha pela primeira vez.

“Estamos absolutamente apaixonados”, escreveu Stacey. “Às vezes, ainda apenas olhamos para ela e não podemos acreditar como somos abençoados. Sabíamos que Deus desempenhou um papel em tudo isso. Ele nos deu provas para testar nossa fé. Em Seu tempo, Ele respondeu às nossas orações, com a nossa doce Naylee Kenmyn Rayn”.

Owynn disse que o dia 6 de dezembro é o melhor dia de sua vida e que Deus lhe deu duas irmãs, Kendra e Naylee.

Stacey concluiu: “Sem dúvida, a família dela se tornou a nossa. Nosso plano é fazer com que Naylee sempre saiba quem é sua mãe biológica e como ela sempre será especial para nós”.

Postar um comentário

0 Comentários