Ladrões fogem e pedem desculpas ao descobrir que vítimas se preparavam para batismo - MISSÕES URGENTE
Seguir no Facebook Seguir no Twitter Seguir no Instagram

BRASIL MUNDO ISRAEL VERSÍCULOS PEDIDO DE ORAÇÃO VÍDEOS MÚSICA PREGAÇÕES CINEMA E TV COLUNA

terça-feira, 15 de dezembro de 2020

Ladrões fogem e pedem desculpas ao descobrir que vítimas se preparavam para batismo

 Igreja do Amor realizava o batismo de fiéis de sua célula na capital do Maranhão.

Vídeo mostra o momento em que ladrões rendem pessoas durante batismo e depois abandonam local. (Foto: Reprodução / Instagram)

Um vídeo no perfil do Instagram do Pr. Arthur Pereira mostra o momento em que ladrões entram no local onde a Igreja do Amor estava se preparando para batizar os membros de sua célula, na noite de segunda-feira (14), em São Luiz do Maranhão.

Sem saber do que se tratava, os homens entraram na casa e pediram para as pessoas se deitarem no chão. Ao descobrirem que era o evento de uma igreja, os homens pediram desculpas e abandonaram o local.

“Deus faz assim! Hoje, quando estávamos nos preparando para o batismo dos membros da nossa célula em São Luiz, no Maranhão, fomos surpreendidos”, diz a legenda do vídeo que mostra a correria de pessoas e outras rendidas e deitadas no chão.

“Os voluntários estavam na frente da casa fazendo a recepção quando quatro assaltantes os abordaram, pediram os celulares colocaram todos no chão, então alguém falou que aquele era um evento da igreja”, explica a legenda.

Ao receber aquela informação, os homens se desculparam antes de saírem do recinto. “Imediatamente os assaltantes PEDIRAM DESCULPAS e foram embora!! Esse é só um lembrete pra lhe dizer: Deus nunca perde o controle e está cuidando de nós em todo o tempo! Glória a Deus”.

Assista o vídeo completo aqui.

Com sede em Pernambuco, a Igreja do Amor é liderada pelo Pr. Arthur Pereira e sua esposa Thalita.

Em março deste ano, a Igreja do Amor batizou mais de 500 pessoas na Praia do Janga, no Litoral Norte de Pernambuco. O evento foi considerado pela denominação como um dia histórico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário